terça-feira, 8 de abril de 2008

Dias Primaveris...

Como se a água vertesse uma frescura
guardada na arca das chuvas...

Se houvesse a nascente
corrente, florida e límpida
num sussuro de pardal
em galhos de frutos doces
Assim é Primavera!

Como se guardam os segredos?
Escapam na luz do sol,
rolam nas encostas de pétalas,

beijam faces macias de meninos
à espera de crescerem
em muitas Primaveras
quentes como a areia e a espuma...

Como se cheiram as cores?
Em abraço de sempre
num aperto de tonalidades e sombras
e as cores...em festim...
Sim, as sombras de luz
ficam mais brilhantes,
as folhas surgem do árido
e o céu afaga no azul plácido.
As manhãs carregam ecos
de dias brancos de vida...
A.C.

3 comentários:

Fenrisar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Shakadal disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Fenrisar disse...

See Please Here